Seguidores

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

As máscaras sempre caem...


Hoje, vou falar sobre as máscaras, mas infelizmente, não são as de carnaval. Refiro-me a algo mais complexo: as máscaras que algumas pessoas utilizam no seu dia a dia. Atores e atrizes que não fazem pausa para descanso. Estão sempre articulando, com aquele sorriso fácil e com as mais belas palavras 24 horas por dia.
Se somos um personagem em cada situação de nossas vidas, o que acontece então com o que realmente somos? Se é fácil ser capaz de interpretar vários papéis, qual seria o verdadeiro? Aquele que de fato representa a sua alma?
Eu só vivo um: a protagonista. É a mesma pessoa que compra pão na padaria, briga com o chato do meu irmão, chora, trabalha, lambe a tampa do iogurte, goste de ouvir música, sorrir, mas que também sofre, como todas as pessoas deste mundo.
Tenho me decepcionado ultimamente com a incrível capacidade que algumas pessoas tem para seduzir e, posteriormente, mentir. Descobri que duas pessoas a qual eu confiava totalmente, são totalmente mascaradas. Uma fraude, uma invenção. O que dizem, o que fingem sentir, cada gesto, cada olhar é impregnado de pura falsidade.
Mas uma coisa eu tenho que admitir: eles mereciam ganhar o Oscar de melhor interpretação. Estou até pensando em apresentá-los um ao outro, porque acredito que eles formariam o casal perfeito.
Sei que existem pessoas assim, não me engano. Mas certas atitudes ainda me surpreendem. Nem todo o estoque de óleo de peroba do mundo daria jeito nesses dois.
Eu sou fã da maquiagem da cara limpa, da verdade, da honestidade. Do amor... não há máscara que possa esconder isso, nem mesmo quando as cortinas se cerram. Deve ser por isso que sinto tanto orgulho de mim, do que conquistei, do que sou.
No meu promeiro estágio, ainda na época de faculadade, exisitia um supervisor que vivia me chamando a atenção por ser alegre demais. Por sorrir demais. Dizia ele que ambiente de trabalho é para ser sério. Não acho que sorrisos sejam sinônimo de falta de respeito. Ainda assim, tentei me controlar e fazer menos piadas no dia a dia. Mas nunca mudei de verdade. Gosto de ser alegre e trabalhar assim. Não precisei vestir nenhuma máscara para parecer sóbria.
Eu odeio essa história de máscara. Sempre que esse assunto surge é para tratar de decepções que colecionamos ao longo do nosso caminho. Se desmascarar é um verbo que sempre antecede algo ruim, porque usar máscaras na vida seria algo positivo?
Cada um de nós somos vários. Isso é fato. Tem a Patrícia alegre, a triste, a confusa, a guerreira, a que trabalha, a que gosta de não fazer nada. Mas a essência é sempre a mesma. Você vive situações diferentes, mas o personagem é apenas um: você.
São capítulos de uma mesma história. A sua história.
Até, porque, cedo ou tarde as máscaras sempre caem. Mesmo que demore,as pessoas sempre demonstram a que vieram.
Termino esse post com uma frase que disse a um dos mascarados acima citados:
Não tente me enganar. ..Nas suas belas palavras sinto o gosto amargo da falsidade!!


Amados e amadas... Tem selinho para todos vocês, que moram em meu coração, lá no:
http://selos-borboletasnoestomago.blogspot.com/ .
Vão lá pegar senão eu vou me estressar heim!! rs
Beijos carinhosos aos meus amigos virtuais e não mascarados... rsrs

11 comentários:

  1. Todos os meus pensamentos serão abertos
    Todas as mensagens serão sinceras
    Será como a primeira vez
    Não de maneira para tira o ócio, mas para sentir gozo
    Sentir o sangue correr nas artérias
    Para que se compreenda toda a intenção
    Implícitas no contexto escrito
    Para possarmos tirar a roupa
    E sermos simplesmente nós
    Porque eu nu sou sem máscara

    Postagem do meu blog, acredito que vc já tenha lido. Bjos com ternura.

    ResponderExcluir
  2. Sei não? (gargalhadas). Apenas mostro q não tenho máscaras. Uma ótima semana para vc tb.

    ResponderExcluir
  3. Pode demorar o tempo que for
    Pode nos consumir, nos decepcionar
    Pode fazer até com que duvidemos de nós mesmos
    Pode causar tristeza em nosso coração
    Mas as máscaras sempre caem, estão fadadas ao declínio desde o momento em que são colocadas, e ainda mais certo é que a queda é ainda maior pra quem as usa, onde entra a "máxima" da Causa e Efeito.

    Continue firme em suas convicções e escolhas, e que esse tipo de comportamento desses que insistem em ser o que não são jamais tirem tua força.

    NAMASTË

    §ρΗІПЖ

    ResponderExcluir
  4. Quarta feira nè? Como posso enviar um presente para vc? O DVD da Banda que sou produtor e uma camiseta de brinde da Banda. Mande seu endereço pelo meu e-mail (franzeoliveira@bol.com.br). Sim eu não bebo muito não, viu? Foi um descuido (upkspkspkps).Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Também acho que usar uma máscara é coisa sempre ruim. Por exemplo, tu no teu trabalho, teve que usar uma porque o patrão pediu, mas isso não significa que ele estivesse certo.
    Cedo ou tarde as máscaras caem, é verdade. Isso é um presente de Deus. Se Ele não nos desse esse presente, a vida ficaria insuportável.
    Mas, não se preocupe não! Quem fingiu contigo vai encontrar quem finja com eles.

    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Olá Patty,gosto desse seu jeito tão espontâneo de ser!Linda sua postagem e você é assim,sem máscaras.
    Boa semana!
    Namaste!

    ResponderExcluir
  7. Nem todo o estoque de óleo de peroba do mundo daria jeito nesses dois.
    Conheço umas pessoas que deveriam ser apresentadas a essas infelizes que vc com certeza teve o desprazer de conhecer...
    Muito bom o post!
    Vou pegar o selinho.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia!

    Continue sendo essa pessoa alegre,divertida,de bem com a vida como vc é,ser alegre não é falta de respeito,é que a sua alegria incomoda certas pessoas.
    Adorei seu texto.
    Mascaras a gente vê cair todos os dias,algumas a gente ajuda da uma mãozinha para tirar de certas pessoas,detesto pessoas assim,mas infelizmente o mundo ainda esta cheio delas.
    Vou indo agora buscar o selinho que vc ofereceu aqui,obrigada.

    Um gde abraço.

    beijooo.


    Alegria,Alegria, Alegria,continuei assim.

    ResponderExcluir
  9. No castelo
    Das expressões,
    Estas palavras
    Sobrevoam
    O mundo inteiro…
    Acorrenta e entoam
    Paz aos corações
    E aqui
    Ao lê-las…
    Ficarei prisioneiro

    Uma semana carregada
    De saúde,
    Paz…
    E muito amor.

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  10. gostei imenso do teu texto, porque me identifiquei com o seu conteúdo
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Patty,

    Em junho/08 publiquei no Dois Rios uma frase da Clarice Lispector que sintetiza amplamente o teu ótimo texto.

    "Escolher a própria máscara é o primeiro gesto voluntário do humano.

    Beijo,
    Inês

    ResponderExcluir

Agradeço o carinho de sua visita!
Fique a vontade para deixar o seu comentário, dica ou sugestão.
Assim que possível, o seu comentário será respondido aqui.
Volte sempre!
Beijos com afeto.

Sou todas as renúncias que a vida me impôs...e todos os sacrifícios que o amor me implorou...

Sou todas as renúncias que a vida me impôs...e todos os sacrifícios que o amor me implorou...

Pequenos momentos mudam grandes rotas.

Pequenos momentos mudam grandes rotas.